20 de dez de 2008

A Inserção da Tecnologia na sala de aula

Internet e Educação
“Nem tudo que está na Internet merece atenção. O problema é que as informações de qualidade aparecem misturadas com as descartáveis”.

Sendo assim, pedir que os alunos simplesmente pesquisem na Internet , é uma atitude que pouca ajuda os alunos a buscarem conhecimentos de forma construtiva.
É necessário o professor entender essa realidade e buscar caminhos para desenvolver atividades que ajudem ao aluno, a buscar e construir seus conhecimentos.

Uma proposta de atividade para usar os recursos da Inernet de forma criativa e instigadora são as Webquests e as Webgincanas.

A Escola Dr. Romão Sampaio em Jardim, apesar das dificuldades, no uso do computador como ferramenta pedagógica, tem procurado desenvolver atividades desse tipo.

O que é uma Webgincana?
É um modelo criativo de uso educacional da Internet. Ela ajuda o professor a organizar ambientes lúdicos para a busca de informação. O modelo aproveita de modo eficiente a riqueza informativa da rede mundial de computadores e é uma boa ferramenta de tecnologia educacional.

Para conhecer uma proposta de Webgincana, criada por nossa escola, clique aqui.

O que é uma Webquest?
É uma proposta educativa de trabalho que aproveita a imensa riqueza de informações que, dia a dia, cresce na Web, visando a aprendizagem.
Dodge a define assim:
"Webquest é uma atividade investigativa, em que alguma ou toda a informação com que os alunos interagem provém da Internet."
Em geral, uma webquest é uma página Web, com uma série de perguntas e uma lista de sites elaborada pelo professor, para ser solucionada pelos alunos, reunidos em grupos.

Para conhecer nossa proposta de Webquest clique aqui
Para entender melhor o assunto clique aqui





16 de set de 2008


O piso é Lei tem que ser cumprido!



16 de setembro - dia nacional de luta: pelo piso salarial , plano de carreira , redução da jornada de trabalho,concurso público , eleições nas escolas, pagamento complementar de férias e progressão horizontal para todos já!
A paralisação atende a uma convocação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Cut e Sindicato APEOC para denunciar a tentativa dos governos do PSDB de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e São Paulo de derrubar o PISO SALARIAL na justiça. Não podemos ficar calados diante destes ataques contra a educação pública brasileira. O PISO é Lei tem que ser cumprido.
Em Jardim-Ce , professores das escolas públicas também apóiam essa manifestação, porque acreditamos que merecemos um salário digno, tamanha é a nossa importância para a sociedade.


Leia sobre a Lei do Piso Salarial. Clique aqui





19 de ago de 2008

Exposição de Nísia Floresta em Jardim

Uma mulher à frente de seu tempo. Educadora, abolicionista, escritora.

Em Jardim, a Exposição Nísia Floresta - Uma mulher à frente do seu tempo poderá ser apreciada pelo público da cidade, na EEFM Dr: Romão Sampaio dos dias 18 a 22 de agosto, para aqueles que gostam de conhecer um pouco da história por meio de personalidades que marcaram época.
A mostra integra o Projeto Memória realizado pela Fundação Banco do Brasil, que objetiva resgatar, difundir e preservar a cultura brasileira, homenageando personalidades que ajudaram a construir a história do país. Este ano, a educadora e escritora Nísia Floresta, também a primeira brasileira a se manifestar publicamente contra a opressão vivenciada pelas mulheres é a grande homenageada.
Instalada no pátio interno da Escola a exposição conta com banners onde se poderá saber da história de vida e luta de Nísia através de uma linha cronológica. A visitação está aberta ao público das 08 até as 21 horas, diariamente. Também estão convidadas todas as escolas da rede pública e privada.

Nísia Floresta foi escritora e educadora. Por seu empenho na luta por uma educação feminina igualitária, é considerada a precursora dos ideais feministas no País. Nasceu em 1810, em Papari, no Rio Grande do Norte, tendo vivido também em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, passando seus últimos 28 anos na Europa. No velho Continente, escreveu livros em francês e em italiano, além de publicar traduções de suas primeiras obras, já consagradas no Brasil. Tornou-se amiga de importantes intelectuais daquele tempo, entre eles o filósofo francês Augusto Comte. Morreu aos 75 anos, deixando um total de 15 obras, que abordam não só o teme da situação da mulher no século XIX, mas também a escravidão, o índio e as belezas de seu país.http://www.projetomemoria.art.br/

28 de jul de 2008

Cavernas inexploradas em Jardim

No mês de junho de 2008, sob a coordenação dos professores Amarildo Pereira Pinto e Maria das Graças Barros, os alunos Leandro Ferreira Coelho, Jaciano Ferreira de Souza, Hernandes Vitorino, Edimar Ribeiro e Talita da Escola de 1º e 2º Graus Dr. Romão Sampaio, realizaram a primeira expedição para as Cavernas jardinenses situadas entre a Serra e o Sítio Gravatá.
Até então as mesmas já haviam sido exploradas por moradores das proximidades. Moradores mais antigos dessa região  contam que essas cavernas  serviram de lar para os "Caboclos", o que provavelmente seriam índios, talvez Kariris. Até a presente data nenhum estudo foi realizado sobre essas belezas esculpidas pela natureza.
Depois de passarmos pela conhecida Bica do Judas e caminharmos por uma bela estrada, paramos para um descanso e uma foto.E após, seguimos a trilha que nos levou ao conhecimento de que as faladas cavernas existem mesmo.
São quatro entradas, só conseguimos entrar em uma e não passamos da 1ª galeria. Para chegar a segunda, teríamos que atravessar  uma passagem que só cabia uma pessoa. Como não tínhamos equipamentos propícios, não nos aventuramos a seguir em frente,  Mas valeu o conhecimento e a aventura. 

                                Siga o link para visualizar a seleção de fotos: Trilha e cavernas

3 de jul de 2008

Saúde Pública em Jardim

O Trabalho dos Agentes de Endemias



Dentro do trabalho de combate ao mosquito transmissor da dengue, os agentes jardinenses desenvolvem constantemente um trabalho de inspeção, tratamento dos depósitos e educação sanitária, realizando LITs (levantamento de Índices e Tratamento) por todo o município, principalmente nas localidades onde já foram encontrados focos do Aedes Aegypti.
Em 2007 houve um aumento alarmante do número de focos no município, principalmente na zona urbana, no distrito de Novo Horizonte e Engenho D’água, mas com empenho, trabalhando em parceria com a Equipe Saúde da Família e com o apoio da Secretaria de Saúde, e colaboração da comunidade, os Agentes das Endemias conseguiram reverter a situação e o número de focos baixou consideravelmente.É notório informar que em Jardim nenhum caso de dengue foi registrado, apenas alguns casos isolados de Dengue Importada (caso em que a contaminação acontece fora do município).
A equipe formada por 15 agentes divididos por campanhas, apesar dos poucos recursos, trabalham constantemente para garantir a eficácia do trabalho que é de extrema importância para a população.
Com o apoio e receptividade da comunidade, merece destaque o trabalho realizado pela equipe responsável pela mobilização social, formada por Ana Cristina, Aleide Rodrigues e Antonio Fernando na atuação do trabalho especial de informação e conscientização que se traduz por meio das seguintes ações:

Palestras educativas e de prevenção nas escolas;
Pequenas palestras em salas de espera do hospital, postos de saúde, associações de moradores e outros centros;
Informações por meio de eventos religiosos;
Passeatas e panfletagens;
Entrevistas e repasses de informações nas rádios locais;
E agora a interessante ação de substituir faixas pela a pintura e frases nos muros das creches, escolas e outros para alertar a população.








A preocupação em combater a dengue, deve ir além do Governo, deve alcançar as pessoas e as instituições preocupadas com a saúde pública. A mobilização social só acontece quando há envolvimento ativo de toda a comunidade.

Para saber mais sobre o trabalho dos Agentes das Endemias, procure a Sala de Mobilização Social, no Centro de Saúde (antiga Unidade Mista de Saúde) localizada na Avenida Wilson Roriz.

Para saber mais sobre saúde pública visite: Portal saúde

2 de jul de 2008

Patrimônio Histórico

Cruzeiro Bicentenário



No dia 29 de junho de 2008, Jardim comemorou 209 de história. Em 1799, o povo de Jardim recebeu a visita de Frei Vital de Franscarolo. Nesse período o Padre João Bandeira ainda se encontrava em terras jardinenses indo embora seis meses depois, em 1º de janeiro de 1800. A passagem de Frei Vital ficou perpetuada num cruzeiro por ele erigido no dia 29 de junho de 1799 em frente da então capela, como símbolo das Santas Missões. Na frente do cruzeiro havia uma escadinha, um galo, uma lança e uma caixinha embutida abaixo dos braços da cruz, contendo fragmentos dos ossos de Santa Dorotéia e uma oração com os seguintes dizeres:



“A CRUZ DE CRISTO, OS MÉRITOS DA BEATÍSSIMA E IMACULADÍSSIMA VIRGEM MARIA E DE TODOS OS SANTOS, PROTEJM, SALVEM E DEFENDAM ESTE LUGAR COM TODOS OS SEUS HABITANTES.”



Deixou escrito em livro da igreja:

Eu, Frei Vital de Franscarolo, Missionário e Apostólico, capuchinho Italiano e conventual no Hospício de Nossa senhora em Recife, no ano de 1799, fiz a Santa Missa nesta capela do Bom Jesus da Barra. Aos 29 de junho levantei esta Santa Cruz e quem rezar ao pé dela, 3 Pais-Nossos, 3 Ave-Marias e 3 Glórias ao Pai em memória da Sagrada Paixão e Morte de Nosso senhor Jesus Cristo, ganha por cada vez, 40 dias de perdão, cuja indulgência, por especial privilégio, me foi concedida pelo excelentíssimo Senhor D. Diego de Jesus Jardim-Bispo de Pernambuco.

Dados históricos:

No dia 11 de setembro de 1942, este cruzeiro foi retirado e transferido para o Cemitério São Miguel e lá permaneceu por 57 anos. Quando em 1999 por meio de um projeto da Secretaria de Cultura, o cruzeiro foi totalmente restaurado na sua forma original e recolocado no seu devido lugar.
Hoje, com 209 anos de história e mais uma vez restaurado sob os cuidados da Prefeitura Municipal, podemos considerá-lo como um dos mais antigos e importantes patrimônios históricos do nosso município.



Dados explicativos dos símbolos que compõem o cruzeiro:


O galo: refere-se a Profecia de Cristo, em relação a negação de Pedro.
(João 13. 36-38)
A lança: Sangue e água jorraram do coração de Jesus após o soldado atirar-lhe uma lança para confirmar a sua morte. O sangue e água significam o Coração de Cristo transpassado de amor pela humanidade.
(João 19. 31-37)
A escada: O discípulo de Jesus José de Arimatéia sobe a escada para retirar o Corpo de Jesus Cristo da cruz para ser sepultado.
(João 19. 38)

16 de jun de 2008

Dia Mundial e nacional do Combate ao Trabalho Infantil

Neste dia 12 de junho, aconteceu uma caminhada cívica pelas ruas da nossa cidade em virtude do Dia Mundial e nacional do Combate ao Trabalho Infantil, com o objetivo de sensibilizar toda a sociedade que a educação é a resposta certa contra o Trabalho Infantil.
O evento teve a coordenação geral da jovem Secretária de Ação e assistência social, Gildete Leite Ferreira, num trabalho de parceria com outras secretarias do município e com as escolas: Senador Carlos Jereissati e E.E.F.M. Dr. Romão Sampaio.
A erradicação do Trabalho Infantil não é só um ponto de honra para o país, mas também para todos os municípios brasileiros. Combater essa forma extrema de violação dos direitos das crianças e adolescentes, é também uma das grandes prioridades no município de Jardim.
Erradicar o Trabalho Infantil no município não se trata de tarefa fácil, porém é na articulação das políticas públicas, dividindo a nossa responsabilidade enquanto Governo com a Sociedade Civil, é que poderemos oportunizar para todos a vivência de uma cidadania plena.

A Prefeitura Municipal de Jardim, através da Secretaria de Ação Social, tem a missão de atender os segmentos mais excluídos da população vítima do abandono, pobreza e exclusão social. Em dezembro de 2001, o município de Jardim foi contemplado com o Programa Federal PETI Projeto de Erradicação do Trabalho Infantil. Destacamos como um dos objetivos principais do PETI, o acesso, a permanência e o bom desempenho de crianças e adolescentes na escola. Eis porque as atividades são norteadas por três eixos básicos: Educação (escola) Jornada Ampliada e Família. A educação para a cidadania é o eixo central de todo o trabalho desenvolvido.
O PETI, desde a sua implantação indo além dos inúmeros desafios, se propõe a ser a voz e o canto da esperança fortalecendo a criatividade, a auto-estima, a dignidade, a cidadania, colocando-se pois de encontro a prerrogativa de Jesus cristo que diz: “EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA E TENHAM EM ABUNDÂNCIA”

Texto da professora Maria da Glória Severo Gomes

28 de mai de 2008

Jardinense no Brasileiro de Jiu-Jitsu - 2008


O atleta jardinense Rafael dos Santos participou do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu no Estado de São Paulo, competindo entre atletas de várias partes do país. A competição lhe rendeu a medalha de prata, deixando orgulhosos todos os jardinense que acompanham e torcem pelo sucesso de Rafael.


Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelo atleta é a falta de patrocínio. Os seus patrocinadores são: as escolas Adauto Bezerra e Dr. Romão Sampaio, Prefeitura Municipal de Jardim e SESC - Juazeiro do Norte e todos os amigos que fazem campanhas de arrecadação de fundos para as suas viagens.


Este ano Rafael foi contemplado com a Bolsa Esporte que garante uma manutenção mínima aos atletas de alto rendimento, que não possuem patrocínio, buscando dar condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e participação em competições visando o desenvolvimento de suas carreiras. Apesar da Bolsa Esporte, o garoto ainda precisa do incentivo e das campanhas patrocinadoras.



Rafael recebeu o cartão do Programa do Governo do Estado, do Governador do Ceará Cid Gomes, na solenidade do “Governo na Minha Cidade, em 05 de maio de 2008, no Ginásio Poliesportivo de Jardim-Ce.


Agora Rafael está se preparando para participar do Campeonato Mundial de Jiu Jitsu no dia 17 de julho, no Ginásio Ibirapuera – SP.


Veja o vídeo
X-COMBAT
Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu



8 de mai de 2008

Governo na Minha Cidade


 


Segunda-feira 05/05/2008, dando continuidade ao Projeto de aproximar o Governo do Estado aos municípios com o objetivo de agilizar o desenvolvimento Regional e sentir de perto os problemas de cada região, instalou-se em Jardim o Governo Itinerante, agora chamado de Governo na Minha Cidade.


A solenidade de instalação aconteceu no Ginásio Poli-esportivo, com a presença do Governador Cid Gomes e todos os seus secretariados.


Durante a solenidade foram liberados os subprojetos comunitários do Projeto São José, fazendo parte das ações do Plano de Ação para a Convivência com a Seca, atendendo municípios da Região. Liberação de custeio e investimento no Pronaf, em parceria com o Banco do Nordeste, para o município de Jardim, assinatura do termo de adesão ao Projeto Primeiro Passo, na linha de ação Jovem Bolsista, beneficiando os municípios de Jardim, Barro, Milagres, Penaforte e Jati, no total de 150 jovens. Entrega de 347 computadores para laboratórios de informática, beneficiando as seguintes escolas: EEM Adauto Bezerra, EEFM Virgílio Távora (Barbalha); EEFM Plácido Aderaldo Castelo (Caririaçu); EEFM Gabriel Bezerra de Morais (Farias Brito); EEFM Dr. Romão Sampaio (Jardim); e outras escolas de Juazeiro do Norte.


A programação do dia seguiu com um almoço no Jardim Social Clube, e a tarde de reuniões, Fóruns e visitas administrativas.


A EEFM. Dr. Romão Sampaio disponibilizou seu espaço para os seguintes acontecimentos:


Ato de Comemoração de 38 anos da Escola com a presença de Secretária, Izolda Cela e o Presidente do Conselho Estadual de Educação, Edgar Linhares Lima e participação da comunidade.


Reunião com Secretários de Educação Municipais e Secretários e Conselheiros Escolares Municipais, sob a coordenação do presidente do Conselho Estadual de Educação, Edgar Linhares Lima.
Apresentação do Sistema de Credenciamento do CCE-SISPE e do projeto de criação de Centro de Formação de Diretores Escolares – CETEB.


Fórum da Juventude com o tema: Construindo Políticas Públicas para a Juventude. Coordenação; Assessoria Especial de Políticas para a Juventude, Vladyson Viana.


Fórum do Esporte. Coordenado pelo Secretário do Esporte, Ferruccio Feitosa, foram debatidos os seguintes temas: desenvolvimento dos Projetos da Secretaria do esporte, Mão Amiga e outras ações de interesse da comunidade esportiva local.


Fórum Cultura e Turismo: Coordenação do Secretário da Cultura, Auto Filho, e Secretário do Turismo, Bismarck Maia.


Fórum do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fátima Catuda, e Presidente do Instituto do desenvolvimento do Trabalho, De Assis Diniz.
Pauta: O Papel do CRAS na implementação da Política de Assistência Social. O Trabalho Gerando Cidadania.


Fórum de Segurança, Justiça e Cidadania.
Coordenação: Secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Monteiro; Secretário da Justiça e Cidadania Marcos Cals; Defensora Pública Geral, Francilene Gomes.


Fórum da Educação abordando o tema Gestão Escolar de Qualidade: um caminho para o sucesso do aluno e Lançamento do Programa primeiro Aprender, com a Secretária Izolda Cela. O evento contou com uma boa participação da comunidade. O Projeto Primeiro Aprender foi bem aceito por todos, mas a inconveniência de alguns diretores de escolas, também marcou a reunião, pois falaram mal dos professores, atribuindo-lhes a culpa pelo fracasso escolar e desse jeito a educação não funciona, quando se atribui culpas e falta o compromisso do apoio, da solidariedade e do envolvimento dos que hierarquicamente estão acima dos que realmente fazem a educação acontecer, que são os orientadores de sala de aula. A reunião foi fechada com a palavra da Educadora Maria da Glória que comparou o Projeto a uma semente que precisa ser regado com fé, entusiasmo e muito compromisso e que os resultados virão mediante ao trabalho coletivo da Equipe de Jardinagem (Professores, Família, Núcleo Gestor). Todos os desafios são canteiros de oportunidades, desde que trabalhamos como comunicadores da vida.