16 de set de 2016

Bolo de Chocolate e Vinho Tinto

O vinho lava nossas inquietações, enxuga a alma até o fundo, e, entre outras coisas, garante a cura da tristeza.
Sêneca


E segundo o bolg:  technicolorkitchen  O vinho também adicionado ao bolo, deixa-o mais intenso, dá maior profundidade a sabor do chocolate e ainda torna a textura do bolo absolutamente macia, e você  nem  sente o sabor da bebida exatamente.   Garanto!  Tudo com vinho fica bem mais gostoso.


Foto reprodução
Bolo de chocolate e vinho tinto

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
200g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar + um pouquinho a mais para polvilhar a forma
1 colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/8 colher (chá) de sal
200g de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (200g) de açúcar cristal
4 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
200g de chocolate meio-amargo, derretido e frio – usei um com 53% de cacau
½ xícara (120ml) de leite integral, temperatura ambiente
½ xícara (120ml) de vinho tinto, temperatura ambiente

Calda:
2 ½ colheres (sopa) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
2 colheres (sopa) de leite integral, temperatura ambiente
2 colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar, peneirado – meça, depois peneire
2 colheres (sopa) de açúcar cristal


Como fazer:
Preaqueça o forno a 180°C. Unte generosamente com manteiga uma forma de furo central do tipo Bundt com capacidade para 10 xícaras de massa, polvilhe-a com cacau e retire o excesso. Em uma tigela média, peneire juntos a farinha, o cacau, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve.



Usando a batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição (raspe as laterais da tigela depois de cada adição). Junte a baunilha. Em velocidade baixa, adicione o chocolate derretido e incorpore. Ainda em velocidade baixa, adicione metade dos ingredientes peneirados, seguidos pelo leite e pelo vinho, e finalize com o restante dos ingredientes peneirados – vá raspando as laterais da tigela entre cada adição. Bata somente até incorporar os ingredientes. 



Calda: coloque todos os ingredientes em uma panelinha e leve ao fogo médio-alto, mexendo, até que a manteiga derreta e o açúcar dissolva. Ferva por 2-3 minutos ou até que fique brilhante e engrosse levemente. Retire do fogo, deixe esfriar por 2-3 minutos e espalhe sobre o bolo.
Rend.: 8-10 porções

6 de set de 2016

Borboletas

Borboletas



                         
Quando depositamos
 muita confiança ou expectativas
em uma pessoa, o risco de se
 decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo
 para satisfazer as nossas expectativas,
 assim como não estamos aqui,
 para satisfazer as dela.




 Temos  que nos bastar... Nos bastar sempre. 
E quando  procurarmos estar  com alguém,
temos que nos conscientizar
 de que estamos juntos 
porque gostamos e nos sentimos bem,
nunca por precisar desse alguém.


As pessoas não se precisam. Elas se completam...
Não por serem metades, mas por serem inteiras,
dispostas a dividir objetivos comuns,
alegrias e vida.



Com o tempo, você vai
percebendo que para ser
feliz com outras pessoas, 
você necessita, em primeiro lugar,
 não precisar dela.

O segredo é não cuidar
das borboletas, mas zelar
do jardim para que elas 
venham até você.

Autor desconhecido